quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Já sou crescida...

... mas não pareço! Eu explico.
Já é a segunda vez este mês que me perguntam se eu tenho 18 anos, porque não estão autorizados a vender alcool a menores de idade!
A primeira vez foi no supermercado ao comprar uma garrafa de vinho. Tive que mostrar a carta de condução para a senhora acreditar em mim. Na segunda... choquem-se... foi num restaurante! Nesse eu ri-me tanto que a senhora percebeu logo que estava bem enganada. Tenho tomado isso como um elogio. Não serão todas as pessoas que prestes a fazer um quarto de século são questionadas pela sua maioridade! Gostei...

2 comentários:

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Sara

Olha, eu andava há muito tempo curioso para saber que seria o(a) maluco(a) que me acompanhava com regularidade da Polónia... Agora, descubro, comovido, não só quem é essa pessoa como, mais comovido ainda, vejo que me adicionaste aos blogues que andas a seguir.

Até sinto um arrepio na pele por tanta generosidade e são pessoas como tu que me dão alento para continuar a escrever.

Vejo que tens dois blogues, um deles reservado a convidados. Prometo que vou inteirar-me deste, mas antes tive o impulso de te escrever para te agradecer tanta generosidade.

Sobre este post, como eu te compreendo. Tenho 38 anos, mas a maioria das pessoas só me dá... 37... rs... rs... rs... rs..

Beijinhos. E muito obrigado. E felicidades. Fiquei curioso para saber o que fazes na Polónia. Mas acho que vou ler mais o blog para tentar saber a resposta.

Cláudia disse...

Ganhei-te! No dia em que fiz 28 anos deram-me 18! Já passaram mais uns anitos e a questão da idade mantém-se: deve ser por usar ténis =)
Ás vezes eram situações aborrecidas porque como achavam que era uma miudinha não me levavam muito a sério para ser atendida nos cafés, nos bancos..
enfim... mas antes a menos do que a mais, não duvides disso nunca! hehe